sábado, 8 de agosto de 2015

Incentivando a Leitura Infantil.

Hoje faremos um post diferente. Pensando no quanto a Maria gosta da leitura e do mundo dos livros, decidimos compartilhar algumas de nossas experiências que deram certo. Acreditamos que assim, outras crianças também podem ser incentivadas a leitura e podem se apaixonar por este rico e fabuloso universo dos livros infantis. 
Então vamos começar! No meu primeiro ano de faculdade (já faz um bom tempo!!), lembro muito bem de uma fala da professora da disciplina de Comunicação e Expressão: "Quando tiverem filhos, se quiserem que eles gostem dos livros, deixem todos a disposição, montem um espaço só de livros e ao alcance dos bebês".
Isso me marcou e quando descobri que estava grávida, lembrei deste ensinamento e foi assim que fizemos. Comecei a ler para a Maria quando ela ainda estava na minha barriga, lia historinhas, lia revista sobre bebês (sempre em voz alta por que acreditava que ela já poderia entender), enfim, sempre conversamos muito, desde antes do seu nascimento. Outra coisa que fizemos foi adquirir vários livrinhos e já ir montando sua biblioteca e montamos um espaço onde os livros estavam ao alcance da pequena. 

Assim ficam os livros infantis da Maria, sempre a sua disposição


Outra coisa que sempre fizemos foi levá-la a livraria. Desde bebezinha, frequentamos as contações de histórias, ou a mamãe mesmo contava as histórias, para que ela já se familiarizasse com o mundo da leitura. Também sempre foi permitido que ela manuseasse os livros. No começo, aqueles específicos para bebês, que não rasgavam. Ela também tinha aqueles livrinhos de banho e adorava ver os bichinhos, enquanto estava na banheira. 

Uma linda bebezinha frequentando livrarias desde sempre. 

Um dos primeiros livrinhos, de 
pano e que ela brincava já bebê!


Com o passar do tempo ela foi demonstrando seu gosto pelos livros e, sempre que vamos ao shopping, entrar nas livrarias e conferir os livrinhos infantis é inevitável (prefere a livraria a uma loja de brinquedos). Também frequentamos bibliotecas públicas e ela gosta muito da biblioteca da escola. É uma criança que adora os livros (e também os gibis). Ainda não lê, mas já está na fase do letramento. Pega os livros e consegue identificar as letras iniciais, já reconhece os nomes dos familiares e se comunica muito bem. Acreditamos que isso se deve muito a leitura e ao incentivo que sempre damos. 



Maria (aos dois anos) na biblioteca!


Resumindo, as dicas que dão certo por aqui:

- Deixe os livros sempre a disposição da criança;
- Deixe que as crianças manuseiem os livros;
- Disponibilize livros já para os bebês (livros de pano, livros de plástico); 
- Frequente livrarias, bibliotecas e contações de histórias;
- Seja uma leitora também, mostre o seu gosto pela leitura para as crianças;
- Leia muito e sempre para as crianças;
- Brinque com os livros;

Espero que tenham gostado, acreditamos muito na frase "Criança que lê será um adulto que pensa" e viva o Incentivo a Leitura Infantil. 







Nenhum comentário:

Postar um comentário