sábado, 15 de agosto de 2015

Um passeio pela Biblioteca Pública Municipal.



Esta postagem irá contar um pouquinho sobre nosso passeio na Biblioteca Pública Municipal de Joinville. Sei que muitos leitores do blog não moram aqui, mas pensamos em escrever sobre isso para que sirva como um incentivo para que todos frequentem estes espaços públicos de leitura. 
Para quem nos acompanha deve estar se perguntando se nós nunca havíamos ido nesta biblioteca. No prédio atual não, por que passou por reformas e desde que foi reinaugurado não tínhamos visitado. Maria sempre frequenta a biblioteca da escola, onde pega os livros de histórias infantis e eu a da Universidade, então não havia surgido a oportunidade. Mas ontem, antes de dormir, combinamos de aproveitar a manhã de sábado para conhecer o espaço. 
Confesso que fiquei surpresa pelo atendimento, organização, acervo e espaço disponível para as crianças. E apresentaremos nossas opiniões de cada um destes critérios abaixo. 

Atendimento: Desde a recepção até o  espaço de literatura infantil fomos muito bem atendidas. Todas as atendentes foram muito solícitas e simpáticas, nos indicando o local onde deveríamos ir e também explicando o funcionamento da biblioteca. Para quem é de Joinville e tem interesse em fazer o cadastro é necessário levar um documento, um comprovante de endereço e pagar uma taxa anual de R$ 5,00 para crianças e R$ 10,00 para adultos. Também há a possibilidade de trocar o valor da taxa pela doação de um livro (o que eu acho bacana, já que as vezes temos livros parados em casa. É uma forma de disseminar as leituras).

Organização: a biblioteca é muito organizada e limpa. Acabamos ficando mais no espaço infantil (este era nosso objetivo), onde todos os livros infantis estavam organizados nas prateleiras por ordem alfabética e as faixas etárias indicadas por um sistema de cor. Por exemplo, Maria sabia que os livros com as fitinhas azuis eram para a idade dela. Me chamou a atenção uma árvore onde estavam expostos vários livros para todas as idades. 

  

Acervo: a quantidade de livros disponíveis é bem adequada, não cheguei a observar o número de exemplares, mas o número de obras é grande. Alguns livros brinquedo (na sua maioria aqueles com abas) estavam rasgados, o que é compreensível por conta do manuseio das crianças. Me chamou a atenção que estes não são emprestados, o que é justificável. Há livros de autores diversos e um espaço que valoriza os autores joinvilenses. Maria se encantou com a quantidade de livros, não queria sair da biblioteca de jeito nenhum, tanto que lemos uma quantidade considerável de obras, tendo em conta que ficamos pouco mais de uma hora. 



Espaço para as crianças: o espaço de literatura infantil é super amplo e as prateleiras  de livros são baixas, o que é perfeito para os pequenos. Em frente as prateleiras há pufs para as crianças sentarem enquanto escolhem as obras que desejam. Há um palco com almofadas em formato de bichos e com letras e números e também tapetes super coloridos. Foi ali onde contei as histórias infantis escolhidas pela Maria. Ela adorou deitar nas almofadas para escutar as histórias e folhear os livros. Neste mesmo palco acontecem, quinzenalmente, as contações de histórias aos sábados pela manhã (confira programação na foto abaixo).





Enfim, foram momentos super agradáveis em um espaço dedicado aos livros e à leitura. Espero que tenham gostado e que se sintam motivados a visitar as bibliotecas também. 

E para quem é de Joinville, informações:
O quê: Biblioteca Pública Rolf Colin
Onde: Rua Comandante Eugênio Lepper - Joinville - SC.
Horário de atendimento: Segunda a sexta das 07h15 as 18h45 e 
                                        Sábados das 08h15 as 11h45


2 comentários:

  1. Brincando com Lobato, "um mundo se faz com mamãe, filhas e livros." Parabéns leitoras. Tio Di.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Valdir. Acreditamos na frase do Lobato e também na que diz Criança que lê será um adulto que pensa. Beijos!

    ResponderExcluir